Retrato de um malandro a caminho do socialismo

Posted: 5 de Março de 2011 in Literatura

Retrato de um malandro a caminho do socialismo

Tracey Emin

Este malandro é socialista. Representa, no Parlamento europeu, os socialistas que votaram nele e todo o povo por extensão. Este socialista acha que Cavaco garante a estabilidade. A estabilidade que permitiu aos malandros governar o país, publicar leis, lançar concursos opacos, indemnizar amigos, proteger cúmplices, assegurar a obediência das polícias e dos tribunais, divertir o povo nos canais públicos e privados, perseguir as vozes livres, assegurar o livre curso dos capitais para as contas secretas dos offshores, flexibilizar os direitos de quem trabalha, cortar nas pensões dos velhos, aumentar os impostos, desmantelar o modelo social europeu.
Este é o malandro incumbente, o pesporrente. Gosta do mundo como está. Da ordem. Quer estabilidade. Quer Cavaco. Com Cavaco e a estabilidade, o governo, a polícia e os tribunais, a televisão e os jornais, três reformas e sabe-se lá que mais, este malandro vai estar em melhores condições de realizar o programa socialista.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s